15.2.13

Já ouviu falar? - Moleskine

Aposto que sim, mas você sabe exatamente o que é? :)

Moleskine é na verdade, a marca de um caderninho de origem italiana, de capa dura, normalmente preto, e com uma tira de elástico que ajuda a mante-lo fechado.
Os famosos!

De um tempo pra cá, o Moleskine virou item hype e must have pra descolados e moderninhos de plantão. Se me perguntarem, juro que não sei explicar de onde vem esse fascinio. Talvez parte do glamour dele se deve aos seus ilustres usuários: reza a lenda que alguns nomes como Picasso, Van Gogh, Oscar Wild e Hemingway faziam uso do tal caderninho.

Bom, a essa altura do campeonato, você deve estar pensando "Uau, que legal!", mas o que acho que nem todo mundo sabe é que a propaganda é meio enganosa, e seus garotos propagandas nem estão mais nesse mundo pra se defenderem... A empresa que fabrica os ditos foi criada no final da década de 90 (1998).

Ernest Hemingway: O que será que ele teria a dizer 
se estivesse vivo? 

Digamos que numa jogada de marketing da empresa, Hemingway contribuiu para a fama ao citar um tal caderninho com tais características em seu livro "Paris é uma Festa". Van Gogh também usava um tipo de caderno com capa de couro e elástico como sketchbook. Outro que também sem querer ajudou, foi o escritor inglês Bruce Chatwin. Em seu romance "The Songlines" ele descreve um tal caderno produzido na França, revestido com uma especie de tecido grosso de algodão chamado  de "pele de toupeira". Daí a origem do nome: Mole = toupeira e Skin = Pele. Curiosamente, moleskine é realmente um tipo de tecido, mas apesar disso os caderninhos não são revestidos com ele. Normalmente o modelo clássico tem a capa feita de um material que se assemelha ao couro.

Em justificativa, a própria empresa diz que os atuais Moleskines são herdeiros dos lendários caderninhos de capa preta, que dizem na época eram produzidos por um pequeno encadernador francês da cidade de Tours, que por sua vez era fornecedor de várias papelarias parisienses frequentadas por artistas e escritores.
É, mal sabe o pequeno encadernador francês o hit que ele criou.

Não vamos negar que o caderninho tem um design deveras charmoso, tanto que muitas outras empresas copiam o modelo na cara larga, o que eu não acho nem um pouco ruim, porque pelo preço que se pede em um bonitinho da marca original, dá pra comprar uns dois ou três "genéricos" muito mais bacanudos, diga-se de passagem.

Tipo esse! 

Não resisti ao charme desse pequeno! Sim, esse é pequenininho, versão pocket pra carregar no bolso e vem até com o envelopinho na contra-capa, detalhe tão famoso - e útil - nos Moleskines originais. 

Hoje em dia, dá pra encontrar cadernos tipo Moleskines de todos os tamanhos e cores: 



Metalizados da Yes: http://yesbrasil.com.br

E versão "irmão gêmeo" da Tilibra: http://www.tilibra.com.br

Até o Fashionary aderiu ao design:

Tem post sobre ele aqui

Seja lá como for, modismo, frescura, estilo... eles estão aí democratizados para todos os gostos.
E pra quem não abre mão do clássico, pode adquirir seu Moleskine original nesses sites: 
Loja do Moleskine: http://www.lojadomoleskine.com - O site é de Portugal e os valores em Euros, mas eles enviam para o Brasil. Nesse site dá pra encontrar toda a linha da Moleskine, inclusive as edições limitadas.
Livraria Cultura: http://www.livrariacultura.com.brhttp://www.livrariacultura.com.br
Fnac: http://fnac.com.br
*Tanto na Cultura, quanto na Fnac ou na Saraiva, você também encontra os caderninhos nas lojas físicas. 

Fontes: Rue89, Revista TPM,  Blog da Companhia, Wikipédia.
Crédito das imagens: Google Images, minha câmera.

2 comentários:

  1. Nossa, Moleskine é caríssimo! Meu cunhado pagou R$ 60,00 num pequeno... original Moleskine mesmo... Tá loco, em época que touch está na moda, isso é um absurdo!

    Kisu!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, eu também acho caro! Apesar de achar bonitinho, não tenho coragem de pagar tudo isso em um caderninho não! Daí prefiro apelar pros "genéricos", são bem bonitinhos e beeeem mais baratos!
      Esqueci de citar, mas em época de touch já existe o aplicativo pra iPhone/iPad e Android - que daria outro post a parte. Mas há quem ainda prefira a versão de papel mesmo. Vai entender...
      Bjim!

      Excluir

Se você leu esse post até aqui, muito obrigada e espero que tenha gostado! Fique também a vontade se quiser deixar seu comentário, que terei o maior prazer em responde-lo.
Fico feliz com a sua visita. Obrigada e volte sempre! ^_^

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...